terça-feira, 10 de maio de 2011

Como anda seu 2011?

2011Todo final e início de ano costumamos fazer promessas e juras para o ano seguinte, prometemos gastar menos, a não contrair dívidas, a buscar uma segunda fonte de renda, a economizar, enfim... mas será que realmente estamos cumprindo nossas promessas?

O tempo não perdoa, não é mesmo? – Vejam só já estamos quase no meio do ano, e lá se foi o primeiro semestre, um ótimo momento para verificação do resultado de nossas metas. É nesse momento que identificamos se precisamos aumentar ou diminuir o ritmo das ações propostas.

A seguir o Débito e Crédito traz pra você alguns questionamentos úteis para auxiliá-lo nessa tarefa de verificação, confira!

Economia Doméstica:

- Em comparação ao ano anterior, eu economizei ou acabei gastando mais com as despesas de casa (água, luz, telefone, TV por assinatura, gás de cozinha, supermercado, etc...)?

- Meu veículo está fazendo uma boa média de Kms por litro de combustível?

- A manutenção do veículo está em dia?

- Os seguros (residencial e veicular) estão ativos?

- Os impostos (IPTU e IPVA e Licenciamento, e outros) e prestações estão em dia?

- Ainda posso melhorar algo?

Despesas Particulares

- Tenho vivido dentro das minhas possibilidades?

- Se extrapolei o que aconteceu?

- Estou me exercitando como deveria?

- Como está meu lazer?

- Já tenho planejado minhas próximas férias?

Planejamento Financeiro

- Das metas definidas para 2011, quais já foram alcançadas e quais não foram alcançadas?

- Temos alguma(s) ação (ões) ou procedimentos em atraso?

- Qual o percentual de conclusão das metas não finalizadas até o momento?

- Em relação às dívidas do ano ou anos anteriores, ainda tenho alguma ativa (sem pagar)?

- Está havendo sobras após o pagamento das despesas mensais?

- Como estão meus investimentos? Qual a rentabilidade até o momento?

- Esta rentabilidade está de acordo com o planejado?

- Quais as perspectivas da economia para o próximo semestre?

- Quais as perspectivas da economia para os próximos anos?

- Será necessária alguma mudança em minha carteira de investimentos?

- Preciso da ajuda de um consultor financeiro?

- Como anda minha educação financeira?

- Que cursos devo cursar e/ou que livros devo ler nos próximos meses?

Achou muito? – Não se assuste, pois tal procedimento é necessário no mínimo duas vezes no ano, ou seja, a cada fim de semestre. Habitue-se a planejar, a projetar cenários para os próximos anos (curto, médio e longo prazo), e o mais importante habitue-se a verificar o andamento de seu plano, faça alterações se necessário, procure ajuda se necessário, mas não cometa o pecado de viver somente o hoje, de pensar somente no presente, vislumbre o futuro, defina seus objetivos e trace os caminhos para alcançá-los.

Por fim, deixo aqui uma mensagem que tenho certeza que fará muita diferença em sua vida daqui pra frente, assista até o final.

 

Fonte: http://www.youtube.com

Um forte abraço e sucesso!

segunda-feira, 2 de maio de 2011

A famosa “hora da gravata”.

 

hora da gravataImagine você lutando com o orçamento para cortar uma despesa aqui e outra ali, gastando menos, privando-se de alguns privilégios, fazendo hora extra no trabalho, evitando parcelas e dívidas, controlando as finanças pessoais, conferindo as dicas do Débito e Crédito, e eis que surge um convite irrecusável: o casamento do seu amigo (a).

E é aí que as coisas se complicam e ameaçam a sair do controle.

O Débito e Crédito traz a tona um assunto polêmico que todos querem comentar e discutir, mas não o fazem por algum motivo (risos)...

Imagine-se numa festa de casamento, as pessoas se divertindo, os garçons servindo as bebidas, a pista de dança lotada de pessoas, as guloseimas, o jantar, tudo parece bem e maravilhoso, e eis que aparecem os “malas” dos padrinhos e o noivo com a famosa gravata para cortar... putz! – Sacanagem. Do nada as pessoas consultam suas carteiras, conferem o dinheiro que possuem e logo pensam: Poxa vida, criei a fera em cativeiro por tanto tempo, mas vou ter que liberar a onça de R$ 50,00 (cinqüenta reais).

Confira agora as dicas do Débito e Crédito para sair ileso dessa situação:

Lugar de carteira não é no bolso!

Quando for a um casamento, nada de levar a carteira no bolso. Deixe com a esposa, no carro, em casa, saia somente com a carteira de habilitação, o documento do carro e um cartão de débito ou crédito para emergências. Pois na hora da gravata, você pode dizer que não tem dinheiro, mas a turma vai direto no seu bolso.

Diga não na lata!

Lembre-se que você não é obrigado a dizer sim e desembolsar uma onça, a decisão é sua. Dizer NÃO é uma virtude, poucas pessoas conseguem essa façanha.

Verifique o alarme do carro!

Verificar o alarme do carro é uma das desculpas comuns para sair do recinto e ficar bem longe da turma da gravata, assim como ir ao banheiro, cumprimentar um amigo que está do outro lado da turma da gravata, sair do salão de festas para tomar um ar do lado de fora (muito calor, não é mesmo?). Em resumo, sair de fininho!

Separe um valor específico e deixe no bolso da camisa

Se não tiver jeito de fugir, ou não concordar com as dicas acima, separe antes o dinheiro da gravata e guarde no bolso da frente da camisa, e quando a turma aparecer, dificulte um pouco e então libere a nota.

Por fim, aproveite a festa e nada de esperar a gravata chegar ao fim, pois o noivo sempre tem umas três iguais no bolso! risos

É o Débito e Crédito ajundando você a controlar suas finanças pessoais.

Sucesso e vamos em frente!

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Eu preciso de uma consultoria financeira?

médico

Com que freqüência você procura um médico?

a) Não procuro de jeito nenhum;

b) Faço visitas freqüentes, independente do meu estado de saúde;

c) Só procuro quando estou doente;

d) Só procuro quando sinto muita dor.

Vamos analisar as respostas...

Se você optou pela letra “a” – não procuro de jeito nenhum – trata-se de uma opinião formada, na certa foi mal atendido por um médico no passado, ou tende resolver as coisas do seu jeito, seja por meio de remédios caseiros, ou até mesmo resolvendo tudo na base do “dorflex”.

Se você optou pela letra “b” – faço visitas freqüentes, independente do meu estado de saúde – você assume que confia no trabalho de um médico, e o procura como forma de prevenção e acompanhamento do seu estado de saúde atual, ou seja, se preocupa com a saúde.

Agora, se você optou pela letra “c” – só procuro quando estou doente – primeiro que você não se preocupa com a prevenção e por algum descuido ficou doente, e como sabe que não possui conhecimento para se curar sozinho optou por procurar o auxílio de um médico na esperança de se curar e melhor sua saúde.

Por outro lado se você optou pela letra “d” – só procuro quando sinto muita dor – nesta situação sua saúde não está ruim, mas péssima. E agora você precisa de cuidados especiais, e tudo que você espera do médico é que ele lhe proporcione uma situação um pouco menos dolorosa e/ou um pouco mais confortável.

Com as finanças pessoais ocorre o mesmo proceconsultoria4sso, quando você ouve falar de consultoria financeira ou de um consultor financeiro, você rejeita de imediato, e na maioria das vezes por desconhecer o trabalho desse profissional. Ainda mais quando as coisas vão bem, nesse caso você nem cogita a existência de um consultor financeiro.

E olha só que interessante...

Quando você cogita a possibilidade de procurar um consultor financeiro, logo pensa: Deve ser caro, não tenho dinheiro pra isso! Tal pensamento elimina todas as chances de uma aproximação com uma consultoria financeira.

E ainda quando as coisas não vão bem, como por exemplo, cartão de crédito vencido, limite do cheque especial estourado, várias dívidas, nome com restrição na praça e pior, as vezes desempregado. Mesmo assim, você ao mesmo pensamento: Deve ser caro, se não sobra nem dinheiro para pagar as dívidas como vou pagar uma consultoria financeira?

pensamentoMude logo esse pensamento, pare de sofrer e de sentir dor, quanto antes melhor! E se as coisas vão bem, porque não melhorar? Ou melhor, se as coisas vão bem como prevenir para que não fiquem ruins? – E a resposta é simples: Procure o auxilio de um consultor financeiro e realize já uma consultoria financeira pessoal.

Assim como no caso do médico que cuida sua saúde, o consultor financeiro cuidará da sua saúde financeira, proporcionando melhor gestão do seu orçamento, receitando ações e recomendações que funcionam como verdadeiros remédios para solução de seus problemas.

E agora: você acha que precisa de um consultor financeiro?

Sucesso a todos!

Gostou do artigo? – Compartilhe com seus amigos e redes sociais.

terça-feira, 12 de abril de 2011

Parte II - As 10 ações mais promissoras para 2011

bovespa3No artigo anterior – Parte I – As 10 ações mais promissoras para 2011, você conferiu 5 das 10 ações mais promissoras para 2011, conheça agora as outras 5 ações.

GOL (GOLL4) - Setor: Transporte Aéreo – Indicações: 09

Os brasileiros estão viajando mais por bem menos! Prova disso é o crescimento de 20% na venda de passagens da GOL em 2010, o que deve continuar a todo vapor em 2011.

Alerta: Se o preço do barril do petróleo ficar acima dos 100 dólares por muito meses, o que eleva o custo do combustível.

BRADESCO (BBDC4) – Setor: Bancos – Indicações: 08

O Bradesco é um dos bancos que mais vende seguros, respondendo por um terço da receita do banco (somente seguro!). O que protege o lucro do banco no caso do agravamento da contenção de crédito pelo governo.

Alerta: Assim como no caso do Itáu Unibanco, o aumento de medidas de restrição do crédito.

BRASIL FOODS (BRFS3) – Setor: Alimentos – Indicações: 07

A expectativa é de grandes lucros para 2011, algo em torno de 800 milhões de reais.

Alerta: O CADE pode obrigar a Brasil Foods a negociar parte de suas marcas para diminuir sua participação no mercado.

PDG REALTY (PDGR3) – Setor: Imobiliário – Indicações: 06

O “boom” do setor imobiliário alavancou para a PDG um aumento de 50% nas vendas em 2010, e esse crescimento deve continuar em 2011.

Alerta: Se o governo anunciar novos cortes no programa Minha Casa Minha Vida.

USIMINAS (USIM5) – Setor: Siderurgia – Indicações: 06

Deve aumentar a produção de grandes quantidades de minério, diminuindo com isso o problema de fornecimento, como o Japão, por exemplo, quando da reconstrução.

Alerta: Com a valorização do real frente ao dólar, o aço produzido no exterior ficaria mais competitivo.bovespa2

Pois bem, agora é com você, aproveite nossas dicas e ganhe muito dinheiro em 2011.

Para acessar a Parte I desse artigo, clique aqui!

É o Débito e Crédito presente no controle das suas finanças pessoais e nos seus investimentos.

Confira outros artigos do Débito e Crédito, e fique por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças pessoais. Está sem assunto para o cafezinho no trabalho? Cadastre seu e-mail no Débito e Crédito e receba nossas atualizações.

Sucesso e bons negócios!

Parte I - As 10 ações mais promissoras para 2011

bovespa1Decidir quanto aplicar é fácil, o difícil é saber onde aplicar, e quando essa decisão favorece a aplicação no mercado de capitais, a próxima pergunta é: Quais as ações mais promissoras? Como também: Qual o risco? O que devo considerar ou atentar? Para responder a essas perguntas o Débito e Crédito foi a campo e trouxe pra você as 10 ações mais promissoras para 2011 na opinião de 30 especialistas do mercado, segundo a revista Exame – ed. Março/2011., confira!

VALE (VALE5) - Setor: Mineração – Indicações: 27

Segundo eles, os preços dos produtos da empresa devem continuar subindo, e a demanda por níquel e cobre está crescendo nos países emergentes.

Alerta: Fique atento se uma eventual mudança na direção da Vale for motivada por fatores políticos.

PETROBRAS (PETR4) – Setor: Petróleo – Indicações: 18

Novamente o crescimento da demanda da commodity nos países emergentes deve beneficiar a empresa em 2011, sem contar com o aumento do preço do petróleo no mercado externo.

Alerta: Repasse da alta do petróleo para o preço da gasolina pelo governo, o que prejudicaria os resultados da Petrobras.

OGX (OGXP3) – Setor: Petróleo – Indicações: 15

Há informações que a OGX venda participações, o que aumentaria suas receitas. Como também uma perspectiva de crescimento nas reservas da OGX.

Alerta: Se as reservas da empresa não crescerem como previsto, e também se a companhia não iniciar a extração do petróleo.

ITAÚ UNIBANCO (ITUB4) – Setor: Bancos – Indicações: 15

Os analistas acreditam que boa parte das despesas de integração das empresas já foram realizadas, o que pressupõe a hora de realização dos lucros para 2011, inclusive há uma expectativa de que a empresa seja a mais lucrativa do setor em 2011.

Alerta: Se o governo anunciar mais medidas de contenção do crédito, o que pode reduzir o lucro do banco.

PÃO DE AÇUCAR (PCAR5) – Setor: Varejo – Indicações: 12

As vendas da empresa tem crescido mais que a concorrência, e com a compra da Casas Bahia, em 2009, o grupo Pão de Açúcar passou a contar com um maior poder de negociação. A expectativa de crescimento e manutenção desse crescimento é tão grande, que os analistas apostam que o lucro do grupo aumente 21% ao ano até 2014. (que audácia, não?)

Alerta: Nem tudo são flores, pois há o risco da expansão de concorrentes na região sudeste, o que pode diminuir as margens de lucro do grupo.

Até aqui você ficou por dentro de 5 das 10 ações mais promissoras para 2011, para conferir as outras 5 ações, acesse a Parte II do artigo.

É o Débito e Crédito ajudando você a gerir o seu dinheiro. Continue com a gente!